10.6 C
Distrito Federal
- PUBLICIDADE -
InícioDistrito FederalTúnel de Taguatinga beneficiará mais de 135 mil motoristas

Túnel de Taguatinga beneficiará mais de 135 mil motoristas

Antigas imagens de Taguatinga que, em breve, contará com a modernidade resultante da construção do túnel | Foto: Arquivo Público DF

Moradores de Taguatinga e de outras cidades, como Ceilândia, Samambaia e Sol Nascente, serão beneficiados pelo túnel atualmente em construção no centro de Taguatinga. A passagem subterrânea deve desafogar o trânsito para os mais de 135 mil veículos que circulam diariamente pela região.

Além disso, transformará a Avenida Central em um boulevard arborizado, com foco nas pessoas e no comércio da região. Calçadas serão reformadas e estacionamentos ampliados. Moradores de Taguatinga e Ceilândia dizem aguardar com ansiedade o fim da obra.

Pioneiros de Taguatinga, que residem na cidade há várias décadas, acreditam que a conclusão do túnel trará grandes melhorias para a mobilidade urbana local. O arquiteto José do Egito, morador de Taguatinga desde 1971, prevê que a obra dará mais fluidez ao trânsito. Ele também elogia a ideia de fazer um boulevard na parte superior do túnel.

José do Egito, arquiteto, prevê que a obra dará mais fluidez ao trânsito e elogia a ideia de fazer um boulevard na parte superior do túnel | Foto: ABCD Egito Empreendimentos

Egito, arquiteto que fez o projeto do Taguaparque, em 1993, acompanhou o desenvolvimento de Taguatinga. Segundo ele, o crescimento acelerado das últimas décadas tirou um pouco da beleza da cidade. “Taguatinga já foi mais bonita, mais interessante”, diz. O arquiteto chegou a pensar em se mudar de Taguatinga, mas preferiu ficar e fazer mais projetos dedicados à região administrativa.

Outro pioneiro que acredita que a obra será muito eficaz para a mobilidade da cidade é o corretor de imóveis Getúlio Campos. Já Isaias da Nóbrega, de 87 anos, que mora em Taguatinga há 62 anos, acompanha tudo de perto e está curioso para saber como vai ficar depois de concluída a obra.

A população de Taguatinga está distribuída em um território com 121,34 km² de extensão. Considerando sua área e a população atualizada da região administrativa, a densidade demográfica da cidade é de 1.828,82 hab/km².

Getúlio Campos considera o túnel necessário há muito tempo e acredita que, no futuro, Taguatinga será a ‘capital do DF’ | Foto: Felipe Seabra

O aposentado Lauro Cecílio chegou a Taguatinga em 1960, com apenas dois anos. Ele disse que a cidade cresceu e o túnel é necessário, por isso diz que não vê a hora de poder usar a nova passagem. “A população aumentou muito. Precisamos dessa obra há muito tempo”, destacou.

Cecílio mora hoje em Ceilândia e desloca-se diariamente para o Plano Piloto. “Indo por Taguatinga, obrigatoriamente preciso passar pelo centro da cidade. Para evitar engarrafamento, opto pela Estrutural e, com isso, aumento o percurso e o tempo gasto. “Com o túnel, vou encurtar a viagem em dez quilômetros e gastar 30 minutos a menos no trânsito”, comemora Cecílio.

Outra que espera ansiosa pela conclusão da obra viária é Vanusa Pereira de Souza, que mora em Taguatinga desde que nasceu, há 48 anos. “Vivo em Taguatinga Sul. Passo pelo centro todos os dias rumo ao Plano Piloto. Espero pelo túnel há muito tempo. Pego engarrafamento todos os dias”, frisou a moradora.

“Com o túnel, vou encurtar a viagem em dez quilômetros e gastar 30 minutos a menos no trânsito”
Lauro Cecílio, aposentado

Getúlio Campos acredita que Taguatinga será, no futuro, a “capital do DF”. “Esta já foi a cidade que mais crescia no Distrito Federal. Localidades como Águas Claras, Ceilândia e Samambaia são, todas, continuação de Taguatinga”, disse. “O túnel é uma obra necessária. A ideia do boulevard é muito boa e pode trazer mais leveza ao cenário da cidade”, avaliou Campos.

Isaias, que viu Taguatinga nascer, não se assusta com o crescimento da cidade. “Gosto da modernização, acho tudo bonito. Quero ver a obra concluída, saber como ficará tudo isso aqui. Acho que vai melhorar”, opina o aposentado.

História

Taguatinga foi a primeira cidade-satélite criada pela Novacap para proporcionar a aquisição de um terreno, para a construção da casa própria, aos candangos que ajudaram a construir a capital. Surgiu impulsionada pelo crescimento populacional da Cidade Livre, que não conseguia mais suportar a massa de imigrantes que chegava à capital sem ter onde morar.

A cidade já havia sido planejada por Lúcio Costa, mas deveria nascer apenas dez anos depois da inauguração de Brasília. Em junho de 1958, seu traçado estava apenas em estudos, mas a demanda fez com que a Novacap acelerasse o assentamento das famílias. O primeiro nome de Taguatinga foi Vila Sarah Kubitschek, depois passou a ser Santa Cruz de Taguatinga e, por último, Taguatinga.

Fonte: Agência Brasília

redacao
redacaohttps://brasiliatotal.com.br
Brasília Total veio com o objetivo de trazer noticias reais, tem tudo que você precisa saber em um só lugar. E em primeira mão.
Continue Lendo
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -