22.6 C
Distrito Federal
- PUBLICIDADE -
InícioDistrito FederalProjeto incentivará a formação de lideranças femininas

Projeto incentivará a formação de lideranças femininas

“A gente fala muito sobre empoderamento e sobre mulheres exercerem posições de liderança, mas precisamos disponibilizar os caminhos necessários”Ericka Filippelli, secretária da Mulher

Mulheres do Distrito Federal terão oportunidade de receber capacitação gratuita para atuarem como lideranças em suas comunidades. Esse é o objetivo do programa Empodera — Formação de Mulheres Líderes, iniciativa da Secretaria da Mulher (SMDF).

Para isso, a secretaria vai selecionar e remunerar uma organização da sociedade civil – sem fins lucrativos e com experiência em execução de projetos sociais e de qualificação social – para elaborar e aplicar propostas pedagógicas e metodológicas para incentivar a formação de 1,2 mil mulheres em todo DF.

“A gente fala muito sobre empoderamento e sobre mulheres exercerem posições de liderança, mas precisamos disponibilizar os caminhos necessários. É isso que o Empodera vai oferecer. Vamos apresentar os instrumentos, as estratégias e a capacitação necessários para que elas possam ser articuladoras, mobilizadoras e atuar nas suas comunidades”, explica a secretária da Mulher do DF, Ericka Filippelli.

A parceria com a instituição selecionada tem duração de 12 meses e visa a implantação do programa que tem como objetivo o desenvolvimento de habilidades e de atitudes das alunas necessárias para a tomada de decisão.

A formação busca instrumentalizar as mulheres para a atuação junto às instituições governamentais e não governamentais em prol de sua comunidade, além de despertar a competência da liderança feminina para, assim, fortalecer a atuação comunitária na garantia dos direitos femininos e formar uma rede de promoção e de proteção de mulheres.

A ideia é formar mulheres que atuarão como multiplicadoras de conhecimento, impactando não somente as próprias vidas, mas também a de outras mulheres de suas comunidades. A organização selecionada terá a missão de capacitar as alunas e despertar o protagonismo para uma atuação como líderes.

Na prática, elas irão aprender, entre outras coisas, a coletar informações, fazer ouvidorias, apresentar projetos, a ser articuladoras e mobilizadoras nas regiões em que vivem, dando voz às demais mulheres.

Processo de seleção

Por meio de edital, publicado nesta quarta-feira (10) no Diário Oficial do DF, será selecionada uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que deverá desenvolver e executar os conteúdos programáticos de caráter teórico e prático, realizar o acompanhamento pedagógico e monitorar as alunas.

Os interessados devem fazer o envio da ficha de inscrição e apresentar uma proposta de programa. As inscrições podem ser encaminhadas até as 17h, do dia 13 de dezembro de 2021, de forma eletrônica, pelo e-mail: [email protected], ou presencialmente, com entrega de envelope fechado e lacrado no Anexo do Palácio de Buriti, 8º andar, sala 808.

A escolha da entidade será realizada por uma comissão de seleção formada por três membros, designados pela Secretaria da Mulher. A divulgação do resultado provisório de classificação das propostas será publicada no Diário Oficial do DF e no site da secretaria em até cinco dias corridos, contados após o término do prazo para entrega das propostas.

Mais informações podem ser obtidas acessando o edital, no site da Secretaria da Mulher.

Fonte: Agência Brasília

redacao
redacaohttp://brasiliatotal.com.br
Brasília Total veio com o objetivo de trazer noticias reais, tem tudo que você precisa saber em um só lugar.
Continue Lendo
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -