10.6 C
Distrito Federal
- PUBLICIDADE -
InícioDistrito FederalProjeto capacitará agricultores para a venda de alimentos

Projeto capacitará agricultores para a venda de alimentos

A Secretaria do Meio Ambiente do Distrito Federal e o Projeto CITinova: Desenvolvendo Cidades Sustentáveis iniciaram uma nova etapa das ações de sistemas agroflorestais (SAFs) mecanizados, que beneficiam pequenos agricultores nas bacias do Descoberto e Paranoá. Será realizado um curso de formação em Comunidade que Sustenta a Agricultura (CSA), um sistema econômico alternativo que conecta agricultores e consumidores.

No sistema da CSA, o agricultor deixa de vender seus produtos por meio de intermediários e conta com participação das pessoas para o financiamento e escoamento da sua produção, os chamados coagricultores | Foto: Divulgação/Sema

A ação faz parte da última etapa do projeto e visa promover a comercialização dos alimentos produzidos pelos agricultores familiares. “É importante que essas famílias tenham apoio e ferramentas para continuar se desenvolvendo nesse sistema de cultivo sustentável e gerando renda”, ressaltou o secretário Sarney Filho.

“Optamos pela metodologia da CSA, por esse sistema estabelecer uma relação mais justa na comercialização dos produtos. O trabalho também apoiará na identificação dos coagricultores”Nazaré Soares, coordenadora técnica do CITinova no Distrito Federal

No sistema da CSA, o agricultor deixa de vender seus produtos por meio de intermediários e conta com a participação das pessoas para o financiamento e escoamento da sua produção, são os chamados coagricultores.

“Optamos pela metodologia da CSA, por esse sistema estabelecer uma relação mais justa na comercialização dos produtos. O trabalho também apoiará na identificação dos coagricultores”, explica a coordenadora técnica do CITinova no DF, Nazaré Soares.

Além dos cursos de formação, com 20 horas de conteúdo em formato híbrido, o projeto inclui uma cartilha didática para orientar os agricultores na prática e manutenção do sistema. Também será feita a instalação de duas unidades de CSAs junto aos beneficiários, uma em cada bacia de referência.

A equipe de técnicos da Sema e do CITinova e a empresa Matres Gestão Socioambiental, contratada para execução do projeto, já estão em campo desde a semana passada fazendo o mapeamento e o diagnóstico das comunidades rurais.

A ação faz parte da última etapa do projeto e visa promover a venda dos alimentos que são produzidos pelos agricultores familiares | Foto: Divulgação/Sema

O trabalho tem apoio do CITinova, projeto multilateral realizado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). Os recursos são do Global Environment Facility (GEF), com implementação a cargo do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma). A execução no DF é pela Sema, em parceria com o Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE).

*Com informações da Secretaria do Meio Ambiente

Fonte: Agência Brasília

redacao
redacaohttp://brasiliatotal.com.br
Brasília Total veio com o objetivo de trazer noticias reais, tem tudo que você precisa saber em um só lugar. E em primeira mão.
Continue Lendo
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -