19.6 C
Distrito Federal
- PUBLICIDADE -
InícioDistrito FederalMais de 3,2 mil livros e revistas sobre o cerrado para as...

Mais de 3,2 mil livros e revistas sobre o cerrado para as escolas

As coordenações regionais de ensino (CREs) receberam material ecopedagógico com foco no bioma do cerrado com o objetivo de contribuir para que o estudo da educação ambiental seja lúdico e divertido. Foram entregues 18.204 cartazes da fauna e flora locais, organizados em 1.517 kits de 12 cartazes; 1.517 revistas Vamos Passarinhar nos Parques do DF, 1.517 livros Cerrado Dobrado e 170 livros Aves Águas Emendadas – Oito Fotógrafos e Um Destino.

Material ecopedagógico foi distribuído às coordenações regionais de ensino | Fotos: Divulgação / Brasília Ambiental

A distribuição foi concluída na sexta-feira (1º), graças a uma parceria entre o Instituto Brasília Ambiental, por meio de sua Unidade de Educação Ambiental (Educ), e a equipe de Educação Ambiental da Secretaria de Educação (SEE).

O material foi entregue nas CREs de Brazlândia, Ceilândia, Gama, Guará, Núcleo Bandeirante, Paranoá, Planaltina, Plano Piloto, Recanto das Emas, Samambaia, Santa Maria, São Sebastião, Sobradinho e Taguatinga. Também receberam os kits a Escola da Natureza, Escola Parque da Natureza de Brazlândia, Escola Parque da Natureza e do Esporte do Núcleo Bandeirantes, Escola da Natureza do Parque da Cidade e o Projeto Parque Nacional de Brasília.

Cada kit de cartaz contém os cartazes Aves, Anfíbios, Árvores, Frutos Comestíveis, Peixes, Mamíferos, Flores Brancas, Flores Amarelas, Flores Roxas, Flores Vermelhas, Plantas Medicinais e Frutos Medicinais. Todo o material entregue foi produzido dentro do projeto de educação ambiental do instituto, Eu Amo o Cerrado.

O chefe da Educ do Brasília Ambiental, Marcus Paredes, destaca que os estudantes das escolas do DF vão ter um material de excelente qualidade. “O material que entregamos aborda de forma bem divertida, lúdica e bonita o nosso bioma cerrado. Os professores poderão trabalhar educação ambiental com um material extremamente adaptado, exclusivo, com foco na rica biodiversidade local”.

Material será usado com alunos de escolas de todas as regiões administrativas

Na parceria, o órgão ambiental entrou com a produção do material, a parte da logística de separação e a entrega às CREs. A Secretaria de Educação foi responsável pela distribuição às escolas e vai desenvolver as atividades com o uso do material.

A integrante da equipe de Educação Ambiental da SEE-DF, Roselei Camargo da Silva, lembra que o currículo em movimento, adotado no DF, contempla a Educação Ambiental por meio do eixo transversal – Educação para a Sustentabilidade.

Roselei destaca que, no espaço educativo, a educação ambiental contribui para a formação de cidadãos conscientes, críticos, criativos, colaborativos e responsáveis, fortalecendo o protagonismo estudantil em diferentes oportunidades e práticas sociais.

“Portanto, os materiais ecopedagógicos referentes ao projeto Eu Amo o Cerrado poderão contribuir muito para o desenvolvimento de ações e práticas pedagógicas desenvolvidas pelas unidades escolares”, enfatiza.

*Com informações do Brasília Ambiental

Fonte: Agência Brasília

redacao
redacaohttps://brasiliatotal.com.br
Brasília Total veio com o objetivo de trazer noticias reais, tem tudo que você precisa saber em um só lugar. E em primeira mão.
Continue Lendo
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -