19.6 C
Distrito Federal
- PUBLICIDADE -
InícioDistrito FederalGDF Presente limpa e substitui bueiros e bocas de lobo na Estrutural

GDF Presente limpa e substitui bueiros e bocas de lobo na Estrutural

As ruas da Estrutural estão mais limpas após uma ação do GDF Presente. Desde terça-feira (21), as equipes limparam e mais de 30 bocas de lobo e bueiros nas quadras 4, 5 e 6 Norte, 4, 5 e 6 Leste e na Quadra 8 da Colônia Agrícola Cabeceira do Valo, substituindo também as tampas quebradas. Nesta semana, o trabalho será realizado nos setores Leste e Oeste da cidade.

Dez reeducandos do Projeto Mãos Dadas, da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape), participaram da ação de limpeza na Estrutural | Fotos: Renato Araújo / Agência Brasília

A limpeza consiste em retirar a tampa da posição e recolher todo o lixo presente no ponto. Se o equipamento estiver quebrado, é substituído por um novo. Participaram desse trabalho dez reeducandos do projeto Mãos Dadas, da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape).

As equipes limparam mais de 30 bueiros e bocas de lobo na região administrativa, substituindo também as tampas de concreto quebradas

“Poder contar com o apoio do GDF Presente é sempre uma grande ajuda. Estamos trabalhando, durante essa semana, com ações de substituição e limpeza”, agradece o administrador da SCIA/Estrutural, Alceu Prestes de Mattos.

O gestor acrescenta que a demanda foi registrada em ouvidoria por moradores e acolhida. “Estamos priorizando a saúde e qualidade de vida das pessoas”, comenta Mattos.

A dona de casa Patrícia Dias ficou satisfeita ao ver o trabalho de limpeza: “Acho que vai melhorar muito a nossa situação”

O coordenador regional do Polo Central do GDF Presente, Diones Arruda, reforça que a ação previne enchentes e alagamentos, sobretudo no período de chuvas, e também evita a proliferação de roedores e insetos. “Quando estão muito sujas, as bocas de lobo e bueiros podem ficar entupidos e não deixar a água pluvial passar, causando prejuízo à cidade e aos moradores”, pontua.

“Tem muita garrafa plástica, de vidro, sacolas, papelão, embalagens de comida, pedras, pedaços de madeira e terra. A população precisa parar de jogar lixo no chão, é um trabalho conjunto”, completa Arruda. Até quinta-feira (23), foram retiradas cerca de 2,5 toneladas de lixo dos bueiros.

Para a dona de casa Patrícia Dias dos Santos, 37 anos, a limpeza vem em boa hora. Segundo ela, com o acúmulo de lixo, havia ratos e mosquitos da dengue no local. “Aqui, quando chove, é uma enxurrada sem fim, e também tem ratazanas que saem do esgoto e entram nas nossas casas. Com a limpeza, acho que vai melhorar muito a nossa situação”, diz.

Vizinho de Patrícia, o estudante Cleiton Alves, 22 anos, acrescenta que a população tem que ser ativa na preservação da cidade para evitar novos entupimentos das bocas de lobo. “Jogar lixo no chão é vacilo; depois ,quem sofre é a gente”, conclui o morador da Estrutural. Confira outras ações do GDF Presente:

 

Fonte: Agência Brasília

redacao
redacaohttps://brasiliatotal.com.br
Brasília Total veio com o objetivo de trazer noticias reais, tem tudo que você precisa saber em um só lugar. E em primeira mão.
Continue Lendo
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -