20.6 C
Distrito Federal
- PUBLICIDADE -
InícioDistrito FederalFormada 23ª turma de oficiais da Polícia Militar do DF

Formada 23ª turma de oficiais da Polícia Militar do DF

Segundo o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, os formandos passam a integrar “uma das melhores polícias do Brasil”

A entrega da espada aos 109 formandos da 23ª turma do Curso de Formação de Oficiais (CFO) da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foi realizada, nesta quinta-feira (25), durante cerimônia militar no pátio da Academia de Polícia Militar de Brasília (APMB), no Setor Policial Sul. Na abertura, o evento contou com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, recebido com honras militares pelo comandante-geral da PMDF, coronel Márcio Cavalcante Vasconcelos.

Representando o governador Ibaneis Rocha, o vice-governador Paco Britto também prestigiou o evento. Em seu discurso, ele lembrou a importância do nome escolhido pela turma – 13 de Maio: “Os senhores carregam em seu nome uma justa homenagem ao aniversário dessa bicentenária corporação que diuturnamente cuida da nossa cidade, de nós e de nossas famílias”.

Cadetes concluíram os três anos do curso de formação da PMDF | Foto: Jacqueline Husni/Agência Brasília

Presente à cerimônia, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, ressaltou que os formandos entraram para “uma das melhores polícias do Brasil”. O comandante Vasconcelos aproveitou para elogiar a Secretaria de Segurança Pública (SSP), citando a significativa queda dos índices criminais no Distrito Federal. “Novembro é o melhor mês nos últimos 40 anos”, declarou, dirigindo-se ao titular da SSP, Júlio Danilo.

Na leitura da ordem do dia, o comandante da APMB, tenente-coronel Márcio Barbosa da Silva, fez menção aos desafios vencidos pela turma no transcurso dos três anos de formação – como a pandemia. Ele informou que, dos 156 cidadãos que iniciaram o curso, 109 cadetes chegaram à formatura.

Premiados

As autoridades presentes participaram da premiação aos três primeiros colocados na turma de formandos. O primeiro, José Paulo Lira Silva Santos, recebeu de Paco Britto a medalha Mérito Intelectual Duque de Caxias. Já os demais aspirantes a oficial receberam as espadas dos padrinhos, madrinhas e familiares, que assistiram à cerimônia em arquibancadas especialmente montadas para o evento.

Os destaques da cerimônia foram a restituição do espadim Tiradentes – símbolo máximo dos alunos oficiais, representando honra e dignidade –, a declaração de aspirantado dos cadetes e a entrega da espada, símbolo do oficialato. Tendo como fundo musical a Canção do Expedicionário, executada pela Banda de Música da PMDF, os cadetes entraram no pátio ostentando pela última vez o espadim Tiradentes. A letra da música homenageia os militares da Força Expedicionária Brasileira (FEB) que integraram o contingente enviado aos campos de batalha da Itália na Segunda Guerra Mundial.

Os formandos firmaram o compromisso em torno da rosácea – símbolo das polícias militares, em todo o Brasil, desde a década de 1950. Nesse momento, os aspirantes a oficial já ostentavam as insígnias em seus ombros, prontos para receber a espada, ao som de A Canção do Policial Militar do DF.

Outros destaques da solenidade foram a apresentação da tropa formada ao comandante-geral, a entrada da Guarda da Bandeira e do Pavilhão Nacional e a exibição do vídeo dos cadetes da 23ª turma. O último “fora de forma” com o brado da turma ocorreu sob uma chuva colorida de fogos de artifício.

 

 

 

Fonte: Agência Brasília

redacao
redacaohttp://brasiliatotal.com.br
Brasília Total veio com o objetivo de trazer noticias reais, tem tudo que você precisa saber em um só lugar.
Continue Lendo
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -